Categoria Baseadas na Realidade

E o Xaxá?

Cinquenta e tantos anos de jornalismo. Creio já ter visto quase tudo, falado com todo tipo de gente, mas ainda não tenho resposta para uma pergunta: “E o Xaxá”? Como todas as histórias, esta também tem um começo. Foi na…

Translações

Como todos os anos, maio começou num feriado. Mais alguns dias, não importa quantos, soprarei velinhas. Quantas? O suficiente. Sob as velas, um belo bolo, por favor. Chocolate, cremes, chantilly, doçuras mil. Dizem que meu inferno astral está com os…

Rescaldo do Joelma

A Folha de S. Paulo do dia 2 de fevereiro trouxe reportagem sobre a cobertura do terrível incêndio do edifício Joelma, no centro de São Paulo, 50 anos atrás, que deixou quase 200 mortos. O primeiro jornalista a chegar ao…

Por terra, “mar” e ar

Em 1986, quando trabalhava numa assessoria de imprensa e de repórter numa revista voltada ao transporte rodoviário de carga, recebi o convite de uma grande transportadora estabelecida em São Paulo. O intuito era mostrar para seu público o trajeto de…

Brilho eterno de uma mente sem lembranças

Comecei a fazer visitas esporádicas ao perfil de Hélio Mauro Armond no Facebook depois de descobrir que ele tinha Alzheimer. Não que eu conseguisse fazer algo por ele, ou que fosse capaz de ajudá-lo a transpor seus desafios… Eu só…

As curvas (ou esquinas) da vida

Há 11 anos, postei esse meme, no Facebook. Mas as curvas da vida me guardavam uma surpresa engraçada e inesperada. Três anos depois, fui a um sarau do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Paulo (Sindsep). Compareci a contragosto,…

Tá na garagem!

Tive uma infância pobre, mas remediada, digamos assim. Nunca nos faltou arroz e feijão à mesa; já a mistura, dependia do dia. Carne de boi era coisa rara, mas sempre havia ovo frito, linguiça, às vezes, frango; outras, peixe, no…

À beira do precipício chinês

O drama das oito crianças paquistanesas presas em um teleférico, a 275 metros de altura, me fez relembrar de uma situação vivida há 23 anos na Grande Muralha da China. O cabo do nosso teleférico não chegou a arrebentar, mas…

Telefone não tem cara (não tinha…)

Em agosto de 1993, quando a antiga Telesp finalmente conseguiu instalar a rede de telefonia celular em São Paulo, um dos primeiros a testá-la foi o então prefeito Paulo Maluf. Finalmente, porque o celular chegou ao Brasil em 1990. Segundo…

Assim na terra como no inferno

Deveria ter dado ouvidos à minha mulher, que me alertou mais de uma vez durante o período das eleições:– Cuidado com o estresse! Ele vai derrubar sua imunidade. Soterrado por fake news e posts dignos de uma deep web, soltei…

Simulando o Hexa

Pode ser um exercício de futurologia, ou um simples bálsamo contra a ansiedade, mas resolvi essa lenga-lenga que vai perdurar durante quase um mês e coloquei o Brasil imediatamente no jogo final da Copa. Pulei de 20 de novembro para…

Meu baru, meu baruzeiro

Meu quintal (ou seria jardim, já que fica na frente da casa?) tem árvores bem diversificadas, todas plantadas por mim. Deste pitangas a mangas, passando por mamões, frutas do conde (ata, pinha), até um baruzeiro. Ok, vou explicar. O baru…